Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Gazeta do Repórter

Informar e acompanhar a cultura, desporto e reportagens. Dar voz a quem não a tem e dar destaque a quem merece ser destacado!

Ana Rocha de Sousa, de Atriz a Realizadora premiada

13.09.20 | Rogério Rosa

Ver a imagem de origem

A realizadora portuguesa Ana Rocha de Sousa foi distinguida ontem, no Festival de Cinema de Veneza, com dois prémios pelo seu filme Listen. Os prémios entregues a esta jovem realizadora portuguesa foram o Leão do Futuro que premeia as primeiras obras dos realizadores e o prémio especial do júri designado por Horizontes.
O prémio Leão do Futuro – Luigi De Laurentiis atribuído a Ana Rocha de Sousa foi no valor de 100 mil dólares (84.4 mil euros).

Quando ontem recebeu os prémios mencionados Ana Rocha de Sousa agradeceu a Veneza por não desistir do cinema, referindo que o mais importante é a mensagem que está a tentar espalhar e citamos Este filme não é apenas sobre a minha expressão como cineasta, é sobre a proteger aqueles que precisam de proteção. Este filme é dedicado a todas aquelas famílias que atravessam momentos muito difíceis e essa imensa dor.

Ana Rocha de Sousa emocionada quis deixar uma mensagem em português:
Obrigada ao ICA, eu quero agradecer ao ICA, à RTP, ao Rodrigo Areias do fundo do coração, não seria possível estar aqui se não fosse o Rodrigo. Aos meus pais, à minha família, à minha filha: Amália este filme é para ti

Na passada sexta-feira a realizadora portuguesa foi agraciada com  com o prémio Bisato d`Oro de melhor realização e com o prémio Sorriso Diverso Venezia, pela abordagem às questões sociais, ambos galardões paralelos ao festival.

Em declarações à Lusa, Ana Rocha de Sousa comentou Não é de todo um filme contra ninguém em específico, mas pretende levantar questões; se não haverá outras formas de salvaguardar o superior interesse destas crianças e destas famílias para lá da adoção. (…) A grande dificuldade do tema são algumas definições demasiado subjetivas em termos legais que tornam o sistema [social] muito falível.

Ana Rocha de Sousa antes de ser realizadora foi atriz, tendo participado nas seguintes produções televisivas RiscosA raia dos medosMorangos com açúcar e Jura. Esta jovem realizadora do cinema português, atualmente com 41 anos, está já a preparar a sua segunda metragem.

Neste filme para além de Lúcia Moniz, no papel de protagonista, participam ainda nos principais papéis Ruben Garcia e a atriz britânica Sophia Miles.

Lúcia Moniz representou Portugal no Festival Eurovisão da Canção em 1996 com o tema O Meu Coração Não Tem Cor, tendo-se classificado em 6º lugar, a melhor classificação portuguesa até à vitória lusa em 2017-

Fonte: Academia Portuguesa de Cinema, RTP Notícias, Sapo Magg

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

anúncios