Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Gazeta do Repórter

Informar e acompanhar a cultura, desporto e reportagens. Dar voz a quem não a tem e dar destaque a quem merece ser destacado!

Balanço de 2019

29.12.19 | Rogério Rosa

          Imagem relacionada

Desde Janeiro, que se tem verificado uma certa evolução. Comecei o ano por fazer a cadeira de Politica Social na Faculdade, passando com 15 valores. Depois, um workshop sobre Linkedin. Em Fevereiro, comecei uma formação na Oed, onde se reveu a postura em entrevistas de emprego para deficientes visuais. Entretanto, tive o privilégio de ir á Cmtv para pedir ao Moita Flores para me autografar o seu livro que tinha adquirido o"Mistério do Crime de Campolide". Ainda em Fevereiro, fiz uma visita á Rádio Amália. Nunca tinha conhecido assim, uma rádio, onde os artistas cantam ao vivo e onde há um público específoico. O mais engraçado, é que acabam por ser depois entrevistados ali em frente do público e em direto. Na sequência da rádio, acabei por ser convidado para  ser o"Ilustre Desconhecido", rubrica que há na Rádio Movimento. Já no final do mês, tem o inicio do 2º semestre na faculdade e uma reunião de elenco do filme"Dragliciuos" de Mayara Santso, que não viria a ser realizado. Creio que, por falta de profissionalismo.

          No inicio de Março, na Universidade Lusófona, houve um encontro de antigos e actuais alunos de Serviço Social. Tive a sorte de ter uma vista guiada á Rtp com o Bruno Gonçalves e Gaspar Lourenço. Fui vistar o gabinete de Trânsito. Como é feito e quem o faz. A meio de Março, fui convidado especial do programa"Kanaga" da Kanaga Tv. Trata-se de um canal de procura de empregos e de moticações especiais na vida.

          Em Abril, comecei pela conversa sempre útil da Anabela Miranda, minha Psicóloga que em muito tem contribuído para o meu crescimento como pessoa. A consulta de rotina ao Hospital dos Capuchos com o Médico Vitor Miguel Maduro. Depois uma viagem a Amarante para passar a Páscoa. Vila Cova da Lixa, era o destino e vistar o meu sogro no Lar de Regradas, o propósito. Terminando o mês com um seminário de Serviço Social no Iscte e o regresso ás aulas pós Páscoa.

          Em Maio, houve um almoço dos antigos alunos do Instituto António Feliciano de Castilho e Branco Rodrigues. Fui ao desconhecido. Ia ver ex.colagas 40 anos depois, outros, mais ou menos 20 anos depois. No final, o balanço não foi positivo. Não reconheci e os que reconheci, nunca chegaram a ser meus amigos. Não gostei, não me aproximei. Pareciam todos estranhos. A idade e o aspeto, que pelo tempo vão envelhecendo, retirava a imagem que tinha de todos com as idades de adolescência. No final, foram eleitos 3 para que no proximo ano possam ser eles a organizar, entre eles, eu. Acabando por mais tarde, dizer por escrito, não estar interessado.

          Em Jenho, começa mal. O falecimento do meu sgro que nos "obriga" a ir de novo á terra. Fomos da parte da terde para Amarante. Depois o velório e o funeral. Ficámos durante uma semana para a missa do 7º dia. Na semana seguinte, fui ao programa "A Tarde é Sua" da Tvi.

          Em Julho, entre alkgumas consultas, um encontro importante no Isce (Instituto Superior de Ciências Educativas). Depois fui á Rádio Autónoma para uma reunião com o João Santareno, a fim de poder vir a colaborar na rádio com uma rubrica de nome "Radar de Informação". Trata-se de comentar notícias da semana.

          Em Setembro, que em Agosto nada aconteceu. Setembro, foi o inicio de fui saber sobre um casting para o Grupo de Teatro de Benfica.  

          Em Outubro começou com uma entrevista que fiz ao ator Mário Oliveira, que desempanha o papel de"Fahad" da novela"Prisioneira" da Tvi. A entrevista foi feita no Camões na Padaria do Bairro. Mais tarde fui renovar as fotos e a inscrição na Valente Produções. Teve inicio da minha fisioterapia, Onde tive de fazer 15 sessões. Mais tarde, fui então fazer o casting com o ator/encenador Benjamim Falcão em Benfica. Depois, fui em vista guiada á Rtp sobre os seus 60 anos de Telejornal.

          Em Novembro, as consultas e um exame no Hospital Ordem Terceira. Tive o inicio do curso de Secretaria do Forense e tambem o curso de Marketing Digital/Marketing Pessoal, tudo no Citeforma. No final, fui a uma reunião á Liga sobre os problemas que afetamn os deficientes na sua empregabilidade e de oportunidades.

          Em Dezembro, será parte dele com as 2 formações no Citeforma, que entrram na reta final. Algo também inesperado aconteceu, a chamada para casting/entrevista para o"Big-Brother". Entrevista que poderia correr bem melhor se tivessem lá um elemento que fosse competente e soubesse como se entrevista. Também e sem esperar, um telefonema da tvi, para um casting/entrevista para o concurso "Ver para Crer". Termina com a ida para Amarante, onde se iria passar o Natal entre a Lixa e o Porto.

          Para que tudo fosse mais perfeito, teria sido preciso ter amigos sinceros leais e duradouros que não tenho e uma mensagem de Natal da família que não houve. Gente desta não merece que se pense nela. Gente como esta, não merece de ser chamada de família!

FESTAS FELIZES!

 

1 comentário

Comentar post