Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Gazeta do Repórter

Informar e acompanhar a cultura, desporto e reportagens. Dar voz a quem não a tem e dar destaque a quem merece ser destacado!

Balanço de 2019

29.12.19 | Rogério Rosa

          Imagem relacionada

Desde Janeiro, que se tem verificado uma certa evolução. Comecei o ano por fazer a cadeira de Politica Social na Faculdade, passando com 15 valores. Depois, um workshop sobre Linkedin. Em Fevereiro, comecei uma formação na Oed, onde se reveu a postura em entrevistas de emprego para deficientes visuais. Entretanto, tive o privilégio de ir á Cmtv para pedir ao Moita Flores para me autografar o seu livro que tinha adquirido o"Mistério do Crime de Campolide". Ainda em Fevereiro, fiz uma visita á Rádio Amália. Nunca tinha conhecido assim, uma rádio, onde os artistas cantam ao vivo e onde há um público específoico. O mais engraçado, é que acabam por ser depois entrevistados ali em frente do público e em direto. Na sequência da rádio, acabei por ser convidado para  ser o"Ilustre Desconhecido", rubrica que há na Rádio Movimento. Já no final do mês, tem o inicio do 2º semestre na faculdade e uma reunião de elenco do filme"Dragliciuos" de Mayara Santso, que não viria a ser realizado. Creio que, por falta de profissionalismo.

          No inicio de Março, na Universidade Lusófona, houve um encontro de antigos e actuais alunos de Serviço Social. Tive a sorte de ter uma vista guiada á Rtp com o Bruno Gonçalves e Gaspar Lourenço. Fui vistar o gabinete de Trânsito. Como é feito e quem o faz. A meio de Março, fui convidado especial do programa"Kanaga" da Kanaga Tv. Trata-se de um canal de procura de empregos e de moticações especiais na vida.

          Em Abril, comecei pela conversa sempre útil da Anabela Miranda, minha Psicóloga que em muito tem contribuído para o meu crescimento como pessoa. A consulta de rotina ao Hospital dos Capuchos com o Médico Vitor Miguel Maduro. Depois uma viagem a Amarante para passar a Páscoa. Vila Cova da Lixa, era o destino e vistar o meu sogro no Lar de Regradas, o propósito. Terminando o mês com um seminário de Serviço Social no Iscte e o regresso ás aulas pós Páscoa.

          Em Maio, houve um almoço dos antigos alunos do Instituto António Feliciano de Castilho e Branco Rodrigues. Fui ao desconhecido. Ia ver ex.colagas 40 anos depois, outros, mais ou menos 20 anos depois. No final, o balanço não foi positivo. Não reconheci e os que reconheci, nunca chegaram a ser meus amigos. Não gostei, não me aproximei. Pareciam todos estranhos. A idade e o aspeto, que pelo tempo vão envelhecendo, retirava a imagem que tinha de todos com as idades de adolescência. No final, foram eleitos 3 para que no proximo ano possam ser eles a organizar, entre eles, eu. Acabando por mais tarde, dizer por escrito, não estar interessado.

          Em Jenho, começa mal. O falecimento do meu sgro que nos "obriga" a ir de novo á terra. Fomos da parte da terde para Amarante. Depois o velório e o funeral. Ficámos durante uma semana para a missa do 7º dia. Na semana seguinte, fui ao programa "A Tarde é Sua" da Tvi.

          Em Julho, entre alkgumas consultas, um encontro importante no Isce (Instituto Superior de Ciências Educativas). Depois fui á Rádio Autónoma para uma reunião com o João Santareno, a fim de poder vir a colaborar na rádio com uma rubrica de nome "Radar de Informação". Trata-se de comentar notícias da semana.

          Em Setembro, que em Agosto nada aconteceu. Setembro, foi o inicio de fui saber sobre um casting para o Grupo de Teatro de Benfica.  

          Em Outubro começou com uma entrevista que fiz ao ator Mário Oliveira, que desempanha o papel de"Fahad" da novela"Prisioneira" da Tvi. A entrevista foi feita no Camões na Padaria do Bairro. Mais tarde fui renovar as fotos e a inscrição na Valente Produções. Teve inicio da minha fisioterapia, Onde tive de fazer 15 sessões. Mais tarde, fui então fazer o casting com o ator/encenador Benjamim Falcão em Benfica. Depois, fui em vista guiada á Rtp sobre os seus 60 anos de Telejornal.

          Em Novembro, as consultas e um exame no Hospital Ordem Terceira. Tive o inicio do curso de Secretaria do Forense e tambem o curso de Marketing Digital/Marketing Pessoal, tudo no Citeforma. No final, fui a uma reunião á Liga sobre os problemas que afetamn os deficientes na sua empregabilidade e de oportunidades.

          Em Dezembro, será parte dele com as 2 formações no Citeforma, que entrram na reta final. Algo também inesperado aconteceu, a chamada para casting/entrevista para o"Big-Brother". Entrevista que poderia correr bem melhor se tivessem lá um elemento que fosse competente e soubesse como se entrevista. Também e sem esperar, um telefonema da tvi, para um casting/entrevista para o concurso "Ver para Crer". Termina com a ida para Amarante, onde se iria passar o Natal entre a Lixa e o Porto.

          Para que tudo fosse mais perfeito, teria sido preciso ter amigos sinceros leais e duradouros que não tenho e uma mensagem de Natal da família que não houve. Gente desta não merece que se pense nela. Gente como esta, não merece de ser chamada de família!

FESTAS FELIZES!

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

anúncios

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.