Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Gazeta do Repórter

Informar e acompanhar a cultura, desporto e reportagens. Dar voz a quem não a tem e dar destaque a quem merece ser destacado!

"Big-Brother-2022", A Fama ou a Desgraça?

27.07.22 | Rogério Rosa

big-brother.jpg

O que levam milhares de pessoas a quererem concorrer aos reality-shows? Será fama, aparecerem, darem autógrafos, ou pelo contrário, quererem expressar a sua emancipação, denúnciar casos polémicos, manifestar interesses profissionais, culturais ou nada disso?

Concorri ao programa"Big-Brother-2020" e deparei-me com um extenso e intenso questionário. Perguntas das mais normais, passando pelas perguntas razoáveis, até ás mais íntimas. Se tive problemas com a justiça, se sim, deveria contar, se nos damos bem entre família, se não, porquê. Uma invasão de privacidade do mais descarado possível. O pior é que os candidatos tinham de escrever, nem que fosse mentiras. Nunca se chega a perceber quem elabora os questionários, com esta falta de respeito e de privacidade. No entanto, ninguém deixou de descrever tudo.

Tenho quase a crteza, que quem concorre quer ser famoso, sem sombra de dúvida! Eu não sou diferente. É de facto uma procura fácil para isso, pois se não são atores, nem apresentadores, nem tão pouco ligados ao meio. Muitos estudantes, outros tantos desempregados. Quem concorre, acima de tudo desempregados, vêm ali uma porta aberta para um futuro emprego. Outros até acabam por entrar em novelas, tirando o trabalho em muitos atores desempregados e que lutam e se reciclam em workshops e cursos de formação.

Eu concorro para ter finalmente oportunidades de emprego como ator, que sou há 39 anos e que tenho tido o menos possível, por não ser conhecido.

Ficar fechado numa casa 24h por dia, 7 dias por semanas, durante 3 meses, deve ser o mais claustrofóbico de sempre. Ver as mesmas pessoas, saber gerir feitios, egos e comportamentos. Atropelos, conflitos e claro, animação pelo meio. Mas o mais interessante para o públicom fora da casa, são os envolvimentos amorosos. Quantos casamentos não chegaram ao fim? Quantos namoros não se iniciaram também? Marco e Marta, foram o caso mais mediático do primeiro"Big-Brother", onde tudo era novidade. Ninguém fazia ideia de que estavam a ser vistos por milhões de pessoas em todo o país, que sabiam tudo, ouviam tudo cá fora. Revistas faziam correr tinta sobre eles e quando saíram da casa, a fama era tanta que eles, não estariam á espera de semelhante exposição pública!

Lembro-me em 2001, quando fiz parte do programa nas galas em direto. Frio e chuva á porta da casa mais vigiada do país. Tratava-se do"Big-Brother-Famosos". Foram 12 os famosos que entraram e ficaram na casa. Dos que me lembro: Vitor Norte, Simara, Rita Ribeiro, Lena D`Água, Claudisabel, Romana, Zé Maria e Sónia, etc. Apresentação de Teresa Guilherme e Pedro Miguel Ramos, na condução nos exterios, que recebia os concorrentes, quando eram expulsos da Casa.

Mas, nem tudo deve ser mau na Casa. Há atividades, música, divertimentos entre eles e cada expulso, envia um avião com mensagens para quem fica na casa.

Caso eu entre, o que duvido, terei muito que escrever aqui no blog.

#bigbrothertvi

#atorrogeriorosa

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

anúncios