Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Gazeta do Repórter

Informar e acompanhar a cultura, desporto e reportagens. Dar voz a quem não a tem e dar destaque a quem merece ser destacado!

Faleceu o Ator Alberto Villar e Tudo ficou por Dizer e Aprender entre Nós!

11.08.20 | Rogério Rosa

alberto.jpg

 

K fdp de ano este. Mal nos refazemos da partida da Fernanda lapa, acaba de morrer mais um Ator Alberto Villar. Falava com ele quase todos os dias por aqui. Ficamos de tomar café perto do Auditório Carlos Paredes, onde eu estava a ensaiar. Acabei por ser um inter-locutor entre ele e o meu encenador, grande e velho amigo dele o Ator e encenador Benjamim Falcao, que há muitos anos não o via e fiz o encontro deles no teatro. Paz à sua alma!

Aos amigos e restantes familiares de Alberto Villar: poupem nas flores, esbanjem nos aplausos e nas manifestações de carinho. (posso sempre sugerir um donativo à Cercilei ou à Apoiarte - Casa do Artista)

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto que diz "Agência Funerária de Aurindo & Gouveia, Lda. RuaClaudioNunes 84A 163599/ 60889 LISBOA FUNERAL DE: ATOR- ALBERTO VILAR JOSÉ ALBERTO DA FONSECA DO ESPIRITO SANTO QUE SE REALIZA No Dia 12/08/2020 Missa Corpo Presente 10,30 Saida de Funeral 11,00 Para o Cemitério OLIVAIS LISBOA Corpo encontra- se na IGREJA de SÃO DOMINGOS de BENFICA partir das 16,30 Horas do DIA 11-08-2020"
Conheci o Alberto, aqui no facebook. Falávamos todos os dias. Ele um dia disse que não via o Benjamim Falcão, outro Ator e encenador, por a caso era o meu, há muitos anos, que ele nada sabia delke. Então eu intercedi e lá se encontraram no Auditório Carlos Paredes em Benfica. Entretanto sugeri irmos tomar café, para nos conhecermos pessoalmente e trocvarmos experiencias. Um home daqueles tinha muitas histórias para partilhar. Foi-se adiando. A semana passada, voltei a sugerir e ele respoondeu, que não estava em Lisboa, mas em Tomar. Agora e sem esperar soube que tinha morrido, não de covi ou cancro, mas de uma queda que deu. Ainda hoje, passei pelo velório dele e nem ele ainda teria chegado. 
Nesta vida tão curta, não se pode adiar, esperar ou programar o que quer que seja.
Alberto, tudo ficou por dizer entre nós. Tanta coisa iria aprender consigo! Não deu tempo nem para o café, que ficou bem inguiçado! Descanse em paz!
#vidasreaismagazine/
Rogério Rosa - Ator e Repórter